Valores da Associação

A existência e o fortalecimento de nossa comunidade depende do que acreditamos que temos em comum. Acreditamos que partilhamos, além da formação acadêmica no Centro de Excelência que é o IME, valores comuns que não só norteiam nossas escolhas, mas também podem ser considerados exemplos em nossa sociedade. Dentre esses valores, acreditamos que estão:

  • a honestidade,
  • o patriotismo,
  • o profissionalismo,
  • a busca pela excelência,
  • o espírito de corpo e
  • a liderança pelo exemplo.

Esses valores citados não são definitivos nem necessariamente os mais importantes que compartilhamos. Queremos a sua opinião. Quais são os valores que você acha que melhor refletem a nossa comunidade?

Sobre Time De Projeto
Projeto de Criação da Associação de Ex-alunos do IME.

12 Responses to Valores da Associação

  1. Gustavo - COMPUTACAO95 disse:

    Na minha opinião, este conjunto de valores já está bem abrangente e representativo, não sendo necessária a inclusão de outros.

  2. Plínio Marcus – Materiais2006
    Sugiro tb “Desenvolvimento Industrial e Social do Brasil”.

  3. Concordo com esses valores.

  4. Rafael Lopes disse:

    Concordo com o Plínio. Ao invés de patriotismo, sugiro ” comprometimento com o desenvolvimento da sociedade brasileira”
    Abs
    Rafael Lopes – QUI2004

  5. Eu mudaria “Espirito de Corpo” (notação militar, cuja estrutura pressupõe hierarquia, ou seja, subordinação) por “FRATERNIDADE” cuja ideia “estabelece que o homem fez uma escolha consciente pela vida em sociedade e para tal estabelece com seus semelhantes uma relação de igualdade, visto que em essência não há nada que hierarquicamente os diferencie: são como irmãos (fraternos). Este conceito é a peça-chave para a plena configuração da cidadania entre os homens, pois, por princípio, todos os homens são iguais. De uma certa forma, a fraternidade não é independente da liberdade e da igualdade, pois para que cada uma efetivamente se manifeste é preciso que as demais sejam válidas. Além disso, a fraternidade é expressa no primeiro artigo da Declaração Universal dos Direitos do Homem.”

    Também sugiro o termo “INOVAÇÃO”. Contudo, não formei opinião se isto deveria ser um objetivo da Associação ou se seria um valor.

    Abraços

  6. leomes disse:

    Que tal Justiça e Desenvolvimento como valores mais amplos que honestidade e busca pela excelência?
    O Desenvolvimento pode ser tanto social, científico, pessoal, etc, etc, etc…
    Fraternidade é uma boa, pois engloba também outros valores, como espírito de corpo, profissionalismo e urbanidade.
    Liderança é uma boa como iniciativa para propor projetos de leis, por exemplo.
    Então eu resumiria como: Justiça, Desenvolvimento, Liderança e Fraternidade.

  7. As opções inicialmentepropostas são bem interessantes: honestidade, patriotismo, profissionalismo, busca pela excelência, espírito de corpo e liderança pelo exemplo.

    1. Faria apenas algumas considerações: em vez de “de busca pela excelência” eu sugiro apenas “EXCELÊNCIA”, pois a palavra “busca” pode passar a ideia de algo incipiente (qualquer um pode buscar a excelência, seja ele “um fora de série” ou “alguém normal”). Uso de “EXCELÊNCIA” tem mais a cara do IME, é mais direto, é uma afirmação!!!

    2. A aproximação com empresas, mercado privado etc. é muito interessante, mas lembremos que o IME é excelência também pelo seu viés acadêmico! Seria interessante ressaltar isso através de expressões como: “desenvolvimento científico” ou “desenvolvimento técnico”. Esse ponto é importante para não dar apenas um foco empresarial à coisa.

    3. Prefiro “patriotismo” a qualquer outra expressão que contenha “… brasileiro” ou “… do Brasil”, apesar de no final tudo significar a mesma coisa. A diferença é que nos objetivos da associação consta buscar o reconhecimento nacional e “internacional”. Por isso o “patriotismo” me parece mais adequado, e também não elimina a consequência é óbvia: o patriotismo é em relação ao Brasil.

    4. Gosto da expressão “espírito de corpo” (o IME é também militar mesmo – está no nome dele), mas também gosto igualmente da expressão “espírito de equipe” (é um sinônimo da expressão anterior, mas talvez seja mais bem compreendido pelo público civil). Não gosto da expressão “fraternidade”.

    5. Não acho legal resumir muito, exemplo se a ideia é contribuir para o desenvolvimento da sociedade então tem que ser direto: “desenvolvimento social”, se for científico: “desenvolvimento científico” etc. Colocar apenas “desenvolvimento” pode fazer com que a associação comece com um foco muito abrangente… os membros mais na frente podem se perguntar: vamos desenvolver o que? desenvolver tudo? Quando especificamos, se torna uma marca, fica algo mais fácil de buscar.

    Abraço.
    Cleyton Rocha – FC-2005

    • ranierifc2001 disse:

      Uma sugestão de valores seria:
      – Honestidade
      – Profissionalismo
      – Liderança
      – Excelência
      – Espírito de grupo
      – Responsabilidade social e ambiental

      *Na minha opinião, não deveríamos incluir “patriotismo”. Esse termo pode dar margens a “bairrismos” ou “nacionalismos”, etc. Vamos criar um associação que seja “universal”; é claro que somos a favor do nosso país, mas acima de tudo somos honestos, éticos (profissionais) e responsáveis social e ambientalmente, onde quer que estejamos. Além disso, muitos de nós trabalham, estudam, moram no exterior, e o “patriotismo” dá margens para várias outras interpretações que fogem da essência.
      *Poderíamos substituir “espírito de corpo” por “espírito de grupo”. A primeira expressão é essencialmente militar; a origem do IME é militar, mas a abrangência da associação é militar, civil, nacional e internacional, então poderíamos pôr um termo “universal” que tem a mesma essência. Quem não é do exército, não entenderia “espírito de corpo”! Embora entendamos “Fraternidade”, esse termo também dá margens para outras interpretações.
      *Por fim, acho válido incluirmos “Responsabilidade social e ambiental”. Isso teria que estar na essência de toda organização/associação. Hoje é uma tendência; creio que no futuro será uma lei.
      *Concordo com o Cleyton quanto a pôr somente “EXCELÊNCIA”.

      Ranieri – FC2011

  8. ranierifc2001 disse:

    Opa,

    RANIERI – FC2001

  9. ubatan disse:

    Acho que poderíamos substituir PATRIOTISMO por HUMANISMO.

    Acrescentaria ainda os seguintes objetivos:
    – ENGENHARIA E ÉTICA
    – INTERDISCIPLINARIDADE – promovendo e valorizando a ligação da engenharia com outras áreas científicas e organizações congêneres como Alumni coppead, ibmec, unicamp, etc
    – DIVULGAÇÃO – promover, difundir, defender e incentivar o Patrimônio Cognitivo gerado.

    Abrços

    Ubatan-MEC1971

  10. Valores fundamentais em qualquer associação de classe: Ética Social e Ética Profissional. Muito mais importantes do que a) “espírito de corpo”, pois Ética deve ficar ACIMA de considerações classistas, ou b) “busca pela excelência”, que é na verdade um valor intrínseco à maioria dos modelos de Ética Profissional existentes (pelo menos àqueles ligados à uma Ética das Virtudes).

    Antes de definir arbitrariamente um conjunto de valores por puro brainstorming, sugiro consultas a códigos de Ética de instituições de classe existentes, ou leitura de bibliografia a respeito (por exemplo, Engineering Ethics, Harris/Pritchard/Rabins).

  11. Ermirio SC disse:

    Bom, durante muito tempo fiquei me questionando o que fazia do IME a instituição que é. Vejo isso como ex-aluno e já há um bom tempo como professor. Concluí que há uma coisa que caracteriza muito bem todos nós: ao contrário do que dizem, discordo que seja a inteligência, pois não me considero nenhum gênio. Mas acho que todos nós somos DETERMINADOS. A determinação dos alunos e ex-alunos é o principal fator de sucesso do IME, seja na luta pela aprovação no vestibular, seja na sobrevivência ao longo do curso – que não é fácil, seja após formados quando tentamos galgar degraus na ascenção profissional. Assim, não sei como incluir isso, pois apenas ‘determinação’ fica vago, mas tenho certeza que é isso que nos caracteriza. Quanto ao patriotismo, sem querer ser xenófobo ou bairrista, acho que é algo perfeitamente aceitável. Eu admiraria uma instituição em país estrangeiro que fosse patriota, porque isso é um valor grandioso e válido. Quem me conhece sabe o carinho que tenho pelos alunos estrangeiros e imagino que entenda bem meu ponto de vista. Assim, acho que DETERMINAÇÃO *, PATRIOTISMO, ÉTICA e MORAL, devem ser tópicos considerados. Lembro-me o quanto me impressionou positivamente a Discilpina Consciente do ITA, coisa que aliás precisamos cultivar aqui no IME – esse valor anda meio esquecido e acho fundamental! Digo isso porque não há discussão quanto à qualidade técnica dos formados aqui, mas vejo algumas falhas consideráveis no que diz respeito à disciplina consciente. Assim, acho que valores destacados por uma associação de ex-alunos devem servir de farol para os que estão começando sua jornada. Isso é liderar pelo exemplo. Sei que escrevo algo vago, mas a idéia é justamente sacodir o pessoal para essas questões conceituais. Acho que elas são fundamentais para alicerçar os ideais de nosso grupo.

%d blogueiros gostam disto: