Quem deve ser reconhecido como Membro Regular de nossa comunidade?

Uma questão chave na criação da Associação é definir quem será reconhecido como membro de nossa comunidade. A principal categoria de membro é o que estamos chamando de “membro regular”. A idéia é que esse perfil englobe a maior parte dos membros da associação. Quem você acha que deveria ser aprovado como membro regular? Dentre as respostas mais comuns, encontramos:

  1. Somente os Engenheiros, Mestres e Doutores diplomados pelo IME;
  2. Além dos mencionados acima, os ex-alunos que concluíram o curso básico de graduação;
  3. Qualquer ex-aluno que concluiu 40% do tempo total de qualquer curso do IME (graduação ou pós);
  4. Qualquer ex-aluno que chegou a se matricular em algum curso, independentemente se concluiu alguma parte com sucesso.

Essa definição é importante, pois será o requisito para qualquer pessoa poder se afiliar à Associação. No final do mês de agosto será aberta uma enquete/votação para que o critério seja definido. Qual a sua opinião? Você acha que deveria ser uma outra alternativa que não as mencionadas anteriormente? Dê sua opinião e indique seu racional!

Sobre Time De Projeto
Projeto de Criação da Associação de Ex-alunos do IME.

7 Responses to Quem deve ser reconhecido como Membro Regular de nossa comunidade?

  1. Gustavo - COMPUTACAO95 disse:

    Na minha opinião, membro regular deve se restringir a(o)s ex-aluno(a)s dos cursos de graduação ou pós-graduação que tenham concluído o curso (ou seja, obtiveram o diploma).

    O interesse de egressos do IME que não concluíram o curso em fazer parte da associação, na minha opinião, é também limitado.

    A minha percepção, que pode estar enganada, é que o interesse maior dos que não se formaram é continuar a ter contato com os amigos da época da faculdade. Neste sentido, não há necessidade de se associar. Podemos prover esta aproximação permitindo um cadastro de visitante no site e facilitando a comunicação entre membros das turmas.

    Esse interesse de facilitação de comunicação pelo site pode ser atualmente menor devido à ploriferação da utilização das redes sociais. Realidade bem diferente da época em que foi lançado o site exime.com.br.

    • leaveras disse:

      Concordo com vc. Membro regular deveria ser quem finalizou o curso de graduacao ou pos. Qualquer outro poderia entrar em outra categoria – as demais que estao sendo discutidas.

  2. Como já coloquei em outro post, não sei até onde um pós graduado compartilha dos valores comuns dos originários do curso de graduação. Os que fizeram a graduação possuem o sentimento de “corpo”, união. Acho que podem entram na associação via membros honorários, caso desejem agregar forças. Particularmente meu voto é que somente os alunos de graduação deveriam ser membros regulares.
    Não acredito que um dentista que foi fazer uma especialização em materiais do IME durante poucos dias por mês, que não sofreu as dificuldades que passamos, que não viu certas injustiças, que não tenha sentido o cansaço físico extremo e ao pensar em desistir havia um colega para dar forças, compartilhe a mesma visão de mundo que eu.

  3. Concordo com os demais colegas.
    Membros da associação apenas deveriam ser apenas os alunos da graduação e que completaram o curso de engenharia.
    Não deveriam ser os alunos de outros cursos (mestrado, doutorado, extensões e não sei quantos outros mais) e que foram diplomados como engenheiros.

    Carlos – COM1972

  4. leomes disse:

    Para dar unidade do grupo em torno de um objetivo comum, com valores comuns, somente os graduados em engenharia do IME e por que não do ITA.
    Por uma associação de Engenheiros de Excelência do IME e ITA.
    Unir forças por uma maior representatividade, sem necessariamente inchar a Associação, ou seja, sem comprometer a qualidade.

  5. aquileosilva disse:

    Eu discordo da inclusão de alunos do ITA.
    Aliás, penso que do próprio ITA pode-se tirar o exemplo de uma associação com características bastante específicas, uma percepção de conjunto que nós temos em relação aos companheiros de IME. Não penso na Associação como um veículo para se obter representatividade, seja ela política ou de qualquer natureza. Penso, sim, na Associação como um veículo para se debaterem temas e se tratar de realidades específicas do universo de ex-alunos do IME. Em suma, acho que termos somente ex-alunos do IME confere personalidade à Associação. Talvez até possa se pensar em uma outra Associação que congregue os dois Institutos, mas não acho que seja essa a idéia para esta que se está desenhando.
    Quanto ao mérito do membro Regular, concordo que deveríamos incluir somente ex-alunos que tenham concluído, de fato, a graduação.
    Forte abraço a todos.

    Aquileo – COM2005

  6. ranierifc2001 disse:

    Também sou da opinião de que os “Membros Regulares” deveriam ser apenas ex-alunos do IME que tiveram toda a sua formação no Instituto e obtiveram a graduação.
    *Alunos de pós-graduação: somente aqueles que tiveram toda a formação no IME (estava subentendido). Concordo com a opinião do Plínio e do Carlos Augusto.
    *Também não concordo com a inclusão de alunos do ITA. Devemos ter a nossa identidade! Parcerias são válidas mas a associação é de alunos do IME. Concordo com a opinião do Aquileo.

    Ranieri – FC2001

%d blogueiros gostam disto: